Uma vila em Irajá

O cronista Valter Freire conta o que o inspirou para escrever essa crônica: “Era uma vez uma vila no bairro de Irajá, subúrbio do Rio de Janeiro. Há semelhanças com a Rua dos Pratos, de Vitória da Conquista. A crônica foi inspirada nas lembranças da Tereza, madrinha dos meus dois filhos”. … Mais Uma vila em Irajá

Rua dos Pratos revisitada

Valter Freire volta à Rua dos Pratos/Prates. Você se lembra, o assunto já foi bem divulgado pelo blog (clique aqui). Ele conta porquê retornou ao assunto: “Fiz uma revisão no texto da Rua dos Pratos. Encontrei duas fotos antigas da casa em que nasci nesta rua. Em uma foto estou com minha filha Camila. Acho que são as únicas fotos da casa, que teve a fachada alterada. Alterou para pior”. Vale a pena você passear de novo por essa rua de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. … Mais Rua dos Pratos revisitada

O Velho do Cabelão

Ele aparecia, na maioria das vezes pela manhã, andando com passos lentos pela Rua dos Pratos, em direção à igreja. Roupas simples, calça e camisa brancas, chinelo rasteiro de couro, um crucifixo pendurado no pescoço, usando um chapéu forrado com um pano branco, um laço azul na borda e grandes espinhos grudados, lado a lado, na aba. … Mais O Velho do Cabelão