Perspectivas em Movimento

Ao pormos o mundo em perspectiva, perspectivamo-nos. Então, sentimos que uma única perspectiva não nos bastava. Colocamo-nos em movimento. E no movimento criamos uma rede tão diversa quanto as nossas perspectivas. Assim foi que experienciamos nossos limites e potencialidades. Vivemos angústias, medos, impotência, incertezas, mas também alegrias e transformação. Era um jeito curioso de autoconhecermo-nos. … Mais Perspectivas em Movimento