Flipelô: mesa-redonda debate neste sábado, 10 de agosto, Literatura e Futebol

O jornalista e delegado de polícia, Antônio Matos, colabora, mais uma vez com o blog, com matéria-chamada do evento que será realizado neste sábado (10 de agosto), às 18 horas, na ‘Flipelô’, no Museu Eugênio Teixeira Leal.

Jorge Sanmartin – foto: Kin Guerra
Antônio Matos – foto: Jorge Cordeiro
José de Jesus Barreto – foto: Kin Guerra

Se você gosta de literatura e se amarra em futebol, não pode perder a mesa de debates deste sábado (10), às 18 horas, no Museu Eugênio Teixeira Leal, no Pelourinho, dentro da programação da terceira edição da ‘Flipelô’. Denominada ‘Literatura e Futebol’, a mesa terá como debatedores os jornalistas e escritores baianos Jorge Sanmartim, Antônio Matos e José de Jesus Barreto, todos com reconhecida experiência na mídia esportiva.

Radialista e jornalista há mais de 50 anos, Jorge Sanmartim, o ‘Super San’, é um estudioso do futebol, daí ser também chamado de ‘enciclopédia’. Cobriu quatro Copas do Mundo e, além dos jornais ‘Diário de Notícias’, ‘Tribuna da Bahia’, ‘A Tarde’ e ‘Jornal da Bahia’ e das televisões ‘Educativa’, ‘Itapoan’ e ‘Bahia’, trabalhou em quase todas principais emissoras de rádio do estado: ‘Cultura’, ‘Sociedade’, ‘Excelsior’, ‘Clube’, ‘Band’, ‘Metrópole’, ‘Salvador FM’, ‘CBN/Bahia’, ‘Cristal’ e ‘Cultura’ e ‘Sociedade’, de Feira de Santana. Seu livro ‘Jorge SanMartim, o fantástico mundo da bola/Super San/50 anos de jornalismo’, editado pela ‘Solisluna’, em 2016, relata lances da história do futebol baiano, com personagens e fatos pitorescos.

Com passagens pela ‘Tribuna da Bahia’ – onde integrou o quadro redacional desde a fundação do jornal, em 21 de outubro de 1969 – ‘Diário de Notícias’, ‘A Tarde’, sucursal baiana da ‘Manchete Esportiva’ e ‘Rádio Cruzeiro’, Antônio Matos é jornalista, radialista, delegado de Polícia e escritor. Lançou em abril deste ano, pela ‘Solisluna Editora’, o livro ‘Heróis de 59’, narrando a história da conquista do primeiro título brasileiro do Esporte Clube Bahia. Texto leve e uma rigorosa apuração jornalística. O lançamento, no auditório da Arena Fonte Nova, foi um evento muito concorrido, com a presença de atletas, dirigentes do clube, profissionais da área e amigos da bola.

José de Jesus Barreto, o zédejesusbarreto, vive de seus escritos desde 1970, quando começou no jornalismo impresso, jornais e revistas. Passou também por televisão, rádio e, atualmente, é colunista de esporte e de futebol, em particular, no site ‘Bahia Já’. Afora os inúmeros livros já lançados, tendo o candomblé como tema – ‘Caribé, Verger & Jorge – Obás da Bahia’, ‘Candomblé da Bahia – Resistência e Identidade de um Povo de Fé’, dentre outros – possui dois títulos no prelo, com o selo da ‘Solisluna Editora’, tratando exclusivamente de futebol: um cujo alvo é o público infanto-juvenil e outro contando a história do Bahia, com foco na torcida jovem do clube. Barreto foi também subsecretário de Comunicação Social de Salvador, nas duas administrações do prefeito Antônio Imbassahy. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s