Umberto Eco

Capa de edição italiana de 'O nome da rosa' (Foto: Divulgação)

Capa de edição italiana de ‘O nome da rosa’
(Foto: Divulgação)

Foi na já distante década de 1980 que conheci o trabalho literário de Umberto Eco. O Nome da Rosa despontou como um dos grandes livros daquele momento e para sempre. Em 86, Sean Connery protagonizou O Nome da Rosa no papel de William de Baskerville, personagem central da história.

Todos os outros livros que vieram tiveram boa receptividade entre os fãs do autor, inclusive Número Zero, o mais recente. Umberto Eco morreu sexta-feira, 19 de fevereiro, na Itália.

Umberto Eco

Umberto Eco

Conheça mais sobre esse magistral filósofo, semiólogo e escritor:

Morre o escritor Umberto Eco

Links sobre Umberto Eco

O filme O Nome da Rosa

O Nome da Rosa - filme

7 pensamentos sobre “Umberto Eco

  1. Mermão, conheci esse mestre nos anos 70, naqueles anos cinzentos que nem o castelo medieval de uma clássica obra. Quem o leu carrega eternamente um Eco no conhecimento. Pra mim, ele é o Dante do nosso tempo. E para mais tristeza, no mesmo dia perdemos Harper Lee, a maravilhosa escritora de dois livros; “O sol é para todos” e “Go set a watchman”, este recém lançado. O filme com o mesmo nome do livro é outra obra prima, atualissimo, e com um inesquecível Gregory Peck incorporando um Atticus excepcionalmente humano e perfeito. Quem não viu, aproveite para ver. Abraço

  2. O Nome da Rosa, um dos livros de cabeceira do curso de Ciências da informação! Assisti ao filme várias vezes. Umberto Eco deixou um grande legado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s