Tradição e música na Festa da Boa Morte

Minerva Cachoeirana na festa da Boa Morte 2015 (1)Minerva Cachoeirana na festa da Boa Morte 2015 (2)Minerva Cachoeirana na festa da Boa Morte 2015 (3)
Filarmônica Minerva Cachoeirana participa das homenagens da Irmandade
Todo ano, no mês de agosto, a histórica cidade de Cachoeira sente a força e a ancestralidade da cultura afro com a comemoração da secular Festa da Irmandade da Boa Morte. A Confraria da Irmandade da Boa Morte é composta de mulheres negras e mestiças que representam o legado dos povos africanos escravizados e libertos do Recôncavo.
Desde muito tempo é tradição as filarmônicas participarem das comemorações civis e religiosas da cidade. A Filarmônica Minerva Cachoeirana, fundada em 1878, conta no seu histórico com participações na Festa de Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora D’ Ajuda e também na Festa da Irmandade da Boa Morte.
As procissões pelas ruas da cidade fazem parte dos rituais em louvor a Nossa Senhora da Boa Morte e a Filarmônica Minerva Cachoeirana sempre esteve presente nos cortejos. Segundo Raimundo Oliveira, 74 anos, membro da Minerva há 50, algumas mudanças em relação a participação da filarmônica ocorreram. “Antigamente a nossa participação dependia da preferência dos provedores da festa. Quem gostava da Minerva, levava a Minerva, quem gostava da Lyra, levava a Lyra.”, afirma.
Atualmente, depois que a Prefeitura Municipal de Cachoeira celebrou um convênio para apoiar a festa, as duas filarmônicas tocam nas procissões. Raimundo Oliveira ainda conta sobre outra alternância. Segundo ele, antes se tocavam as marchas tradicionais na Procissão do Enterro de Nossa Senhora da Boa Morte, dia 14. Depois ocorreu uma mudança e passaram a executar marchas fúnebres, costume que se mantém até hoje, por isso a Minerva atualmente costuma tocar na procissão do dia 15, durante a Procissão de Nossa Senhora da Glória. Esse ano, mais uma vez, centenas de fiéis seguiram a filarmônica pelas ruas da cidade.
Patrimônio imaterial
A festa de Nossa Senhora da Boa Morte é uma grande referência do sincretismo, entre a religião católica e o candomblé. Promovida sempre na primeira quinzena de agosto, a festa atrai centenas de curiosos e estudiosos de diversos campos pelo seu mistério e beleza, que são revelados nos trajes especiais ou nos rituais secretos realizados com muita devoção pelas irmãs. Desde 2010 a festa é reconhecida como patrimônio imaterial da Bahia.
O sincretismo é um dos pontos que mais chama atenção na festa, que possui rituais católicos e africanos. Missas, confissões e sentinela de Nossa Senhora da Boa Morte fazem parte da programação católica, já os rituais africanos são feitos de forma muito recatada, com preceitos que se iniciam desde o começo de agosto.
A irmandade é uma sociedade fechada e zeladora das tradições, ainda mantém traços de sua origem, como a exclusividade na admissão de mulheres negras e idosas, uma das mais fortes práticas. Assim, as irmãs mantêm seus hábitos e a estrutura do grupo há 235 anos. O quadro da Irmandade já chegou a 200 mulheres, atualmente reúne 23 irmãs, que vem de Cachoeira e de outras cidades do Recôncavo como São Félix, Maragojipe, Santo Amaro e Muritiba.

Reportagem de Thainá Dayube

2 pensamentos sobre “Tradição e música na Festa da Boa Morte

  1. Ano passado fiz essa cobertura.

    Embora seja um tema bem batido a questão do negro no Brasil, a Irmandade da Boa Morte se mantém viva há séculos.

    Belo trabalho amigo.

  2. Bomfa, querido

    Tive a oportunidade de participar com meu querido colega professor Sebastião Heber dos bons tempos da 2 de Julho, levando alunos para conhecer esta festa rica em todos os aspectos. Tenho uma admiração especial por Cachoeira pois meu pai era da cidade histórica. Viva Cachoeira, viva a tradição com essas mulheres bravas e sábias!

    Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s