Nelson Mandela: uma vida dedicada à luta contra o racismo

Quando morre um ícone da humanidade; um cidadão que lutou bravamente por um povo excluído; que ficou preso injustamente tantos anos e, no mesmo país em que sofreu tanta barbaridade, se tornou presidente; alterou o rumo de vida de tanta gente (Obama disse que jamais chegaria a presidente dos Estados Unidos se não fosse a luta de Mandela contra o apartheid), temos é que fazer silêncio e deixar a História ser contada por sua cronologia.

Viva Nelson Mandela!

Nelson Mandela - cronologia

Nelson Mandela - II

10 pensamentos sobre “Nelson Mandela: uma vida dedicada à luta contra o racismo

  1. Pingback: Figueiredo

  2. Esse discurso dele me ensinou muito com poucas palavras!
    “Nosso grande medo não é o de que sejamos incapazes.
    Nosso maior medo é que sejamos poderosos além da medida. É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos amedronta.
    Nos perguntamos: “Quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso e incrível?” Na verdade, quem é você para não ser tudo isso?…Bancar o pequeno não ajuda o mundo. Não há nada de brilhante em encolher-se para que as outras pessoas não se sintam inseguras em torno de você.
    E à medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo”.

    (Discurso de posse, em 1994)
    Nelson Mandela

    Curtir

  3. Nobre amigo Brown,
    Esse HOMEM, marcou a historia do século passado. Nunca, NUNCA esse HOMEM será esquecido pelo seu povo e nem por toda a humanidade.
    Fico a me perguntar: Como seria um embate desse HOMEM, com aquele que tentou dizimar os Judeus?
    Emocionei-me quando assisti na tv o anúncio da morte do grande e incansável líder negro NELSON MANDELA.
    DEUS, certamente ira explorar todo seu conhecimento em alguma colônia espiritual.
    Abraços,

    Curtir

  4. Bomfa,

    Estamos fechando a edição do TRT Cultural cuja capa é sobre o racismo, veja que coincidência.
    Posso usar esse seu texto, com sua assinatura?
    bj e ubuntu

    Curtir

  5. Bomfa:

    Duas coisas para mim, dentre tantas, marcaram a vida de Nelson Mandela: deixar a prisão, depois de tanto tempo confinado, sem ódio e não querer permanecer no poder, após assumir, com todos os méritos, a presidência do seu país.
    Abraços

    Curtir

Deixe uma resposta para Maria da Glória Alves de Oliveira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s