O que seria desse país se não fosse a imprensa?

A imprensa faz o papel dos Tribunais de Contas, da Justiça, do Ministério Público e investiga como se fosse uma CSI buscando provas laboratoriais contra a corrupção.

Há dois domingos o Fantástico leva ao ar o resultado de um trabalho investigativo de sua equipe, que denuncia aos cidadãos e cidadãs, que pagam impostos e vivem honestamente, o lado corruptor do Brasil.

Fortunas são desviadas da educação, da saúde, da segurança, do saneamento e de outros serviços em armações feitas para o enriquecimento ilícito de políticos, agentes públicos e empresas privadas.

Combate à corrupção depende da educação dos brasileiros. Especialistas estudam os efeitos da corrupção e dizem o que é preciso ser feito para evitá-la.

Fiscais calculam prejuízo que fraudes causariam aos cofres públicos. Na divisão do bolo do dinheiro público, o gestor corrupto receberia R$ 1. 356 milhão. E as empresas embolsariam um R$ 1. 657 milhão em apenas seis meses.

Projeto de internet grátis em João Pessoa, anunciado em 2010, não funciona. Programa milionário de internet sem fio pra toda João Pessoa não funciona depois de dois anos de inaugurado pelo Ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s