E aí, presidente Dilma, fica com a Comissão de Ética ou com Lupi?

Assistindo ao jornal na TV, ontem à noite, até que fiquei com esperança que a presidente da República não vá decepcionar que acreditou em sua faxina nos ministérios.
Durante o dia o pensamento comum entre os comentaristas políticos – pelo menos os que levam a sério a profissão de jornalista – era que Dilma Rousseff estava tendendo a desfazer a sua fama.
A desesperança se justificava devido, principalmente, ao comportamento da presidente em relação ao cara-de-pau Carlos Lupi, que ocupa o Ministério do Trabalho – e mais um sem número de empregos em casas legislativas e na direção do PDT, partido dele (Brizola, que fundou essa agremiação, deve estar se revirando no túmulo ao perceber com quem ficou o PDT).
Todo mundo se lembra que recentemente o notório Lupi disse numa entrevista coletiva que ama a presidente, lógico, com a intenção de permanecer titular do Ministério do Trabalho.

Depois de várias reportagens sobre as lambanças do ministro, opinião desfavorável a ele feita pela Procuradoria Geral da República, veio a recomendação da Comissão de Ética do próprio governo de que Lupi não tem moral, nem ética, nem competência técnica ou política para se manter no ministério.
E o que fez Dilma depois de tanta revelação sobre a vida-bandida de Lupi e as recomendações para se livrar dele? A presidente exigiu explicações pormenorizada da comissão.
Depois disso deve ter lido, assistido ou até visto pessoalmente as reações na imprensa. Talvez tenha refletido que perda política é questionar a Comissão de Ética e garantiu que na segunda-feira anunciará sua decisão, sempre (disse ela) pensando no melhor para o Brasil.
Vamos esperar para crer.
Independente disso, é preciso que a Nação participe mais – sei lá de que forma – da cobrança aos bandidos políticos. Eles fazem malfeitos (como gosta de dizer a presidente da República), mas a perda que sofrem é só do cargo, continuam aí como se honestos fossem. Quase todos, aliás, saem do governo sob aplausos e discursos benevolentes. Está na hora de ver essa gente cumprindo pena, como qualquer um que pega o que não lhe pertence.

Um pensamento sobre “E aí, presidente Dilma, fica com a Comissão de Ética ou com Lupi?

  1. Pingback: big brown « falandonalata1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s