Haikais do Barreto

Arte milenar oriental, o haikai é um tipo de poema que fala rapidamente das pessoas e do mundo e obriga à imediata reflexão. Zédejesusbarreto é mais que admirador dessa arte, é um praticante.

Haikais

**

De onde viemos?

Do escuro silêncio

Pra onde vamos

*

Aonde vamos?

Para o mesmo vazio

Donde viemos

*

Pio de bem-te-vi

Alvorada sonora

Contigo dormi

*

Pindoba, rapé

Cabaça, tramela

lembram cafuné

*

Não se avexe!

O pirão só desanda

Em panela que muito se mexe

*

Deixa o mundo em paz!

Aqui mesmo se paga

Tudo que aqui se faz

**

Gosto do teu corpo

Pela música que dele emana

Quando o toco

**

As mulheres? …

Querem ser mulher.

Algumas conseguem.

**

(fraseados)

…  um eterno farejador do oculto dos mistérios femininos sou.

*

Pra sorrir e pensar:

Qual a diferença entre rir e risar?

*

Nasceu celebridade, viveu inebriada, sob flashes…

Morreu borrada, despiedade, vomitando os bofes.

*

Independente de origem, cor, credo, fama …

Somos todos feitos de barro, a mesma lama humana.

*

Quando, enfim, temos algumas respostas…

Eis que se trocam as perguntas.

*

A História não é o acontecido,

mas o que foi contado.

**

(louvação)

Oh, Tempo, senhor desse mundo

Orixá que não incorpora

porque pessoa alguma suportaria seu peso

Aquele que não teve princípio

e nunca terá fim

Sempre

é

**

Zédejesusbarreto/ 2011.

Um pensamento sobre “Haikais do Barreto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s