Generacion Y: saindo do surto eleitoral para a vida normal

Agora que a eleição acabou e, provavelmente, as pessoas que haviam surtado voltam ao normal, quer dizer, quase ao normal, porque tem gente que perdeu completamente a noção de valores universais e aí não se trata mais de surto, mas de mudança conceitual de vida.
Bom, mas acreditando que a normalidade voltou e que colegas, amigos e conhecidos tirem a faca de entre os dentes e conversem com naturalidade, o blog volta à ativa. De cara dando vivas à presidente eleita e torcendo para que ela imponha sua marca ao mandato. E, depois de ouvir The Beatles, para o fim da catarse política, veja o que reproduzi do blog da Yoani Sánchez. Aproveite e vá lá no Generacion Y e leia mais coisas interessantes.

Geração Y é um Blog inspirado em pessoas como eu (Yoani Sánchez), com nomes que começam ou contem um ípsilon. Nascidos na Cuba dos anos 70 e 80, marcados pelas escolas rurais, bonequinhos russos, saidas ilegais e frustração. Assim é que convido especialmente Yanisleidi, Yusimí, Yuniesky e outros que carregam seus ípsilons para que me leiam e me escrevam.

Corredores vazios
Dez da manhã. Por aqueles corredores onde há uma semana as pessoas se amontoavam e conversavam no horário de trabalho, hoje não transita nem uma alma. O que teria ocorrido nos 17 andares do Ministério da Agricultura para que ninguém deambule fora dos escritórios? A resposta é simples: muitos temem estar na lista do próximo corte, de modo que evitam se mostrar fora do seu posto de trabalho e assim parecerem imprescindíveis. Se antes perambulavam por todos os lados com os braços cruzados, a estratégia do momento é parecerem ocupados, mesmo que para isso tenham que ficar atrás da escrivaninha durante oito horas. Leia mais…
Do mel ao fel
Trazia um gorro enfiado até as orelhas, mas ainda assim reconheci o rosto de traços longos do outrora vice-presidente. Carlos Lage passou em frente a mim no cruzamento das ruas Infanta com Manglar, com o andar típico do defenestrado, com essa cadência que o caído tem quando perdeu a esperança de que o chamem. Senti pena dele, não por vê-lo caminhar sob o sol quando até a pouco tinha chofer, mas sim porque todos o olhavam com um silêncio punitivo, com uma careta vingativa. Uma mulher passou ao meu lado e a ouvi dizer: “Coitado, olha que meteu a cara, para finalmente lhe fazerem isto”. Leia mais…

5 pensamentos sobre “Generacion Y: saindo do surto eleitoral para a vida normal

  1. Gostei de conhecer o trabalho de Yoani. Valeu, Blog do Brown! O trabalho de Yoani é muito difícil. A ditadura cubana é implacável!

  2. A ideia é ótima. Tomara que o bom senso retorne, mesmo aos xiitas que não admitiam nenhum contraditório, para todos combatermos a volta da nefasta CPMF.

  3. Pingback: ressaca cívica «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s