Cleidiana Ramos e Marlene Vaz

O blog do brown homenageia duas mulheres de alta estirpe desta Bahia. A jornalista Cleidiana Ramos e a socióloga Marlene Vaz. Ambas honram a todos nós que queremos um mundo melhor, com tolerância e respeito e entendimento saudável em relação ao contraditório.

Cleidiana Ramos, idealizadora e editora do caderno publicado no Dia da Consciência Negra – produzido para retratar a participação da população afrodescendente na economia do Estado da Bahia – conquista para o jornal A Tarde o Prêmio Banco do Nordeste e Jornalismo Regional, na categoria Mídia Impressa I. Segundo ela, o caderno especial Produtores de Owó, publicado na edição de 20 de novembro de 2009, demonstrou que “a comunidade negra sempre foi empreendedora e importante para a economia do Estado. Desde a greve de 1857, quando os escravos de ganho e os negros alforriados decretaram uma greve que paralisou a cidade por duas semanas, até os dias de hoje, a população negra nos mostra sua importância em nossa economia”.
A Tarde divide o primeiro lugar com o jornal O Povo, do Ceará, com a trilogia Autoestima Cearense.
Leia mais detalhes sobre o prêmio.
************************************
A socióloga Marlene Vaz participou da Conferência da ONU sobre a exploração econômica da criança, por conta do 18 de maioDia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
Marlene Vaz faz um trabalho excelente que muito tem melhorado a atitude de governantes e da própria mídia em relação ao entendimento da exploração sofrida por crianças e adolescentes. Leia, por exemplo, esse trabalho dela sobre A Evolução do Adolescente.
Socióloga Marlene Vaz (a terceira, da esquerda para a direita)
Para entender a foto acima, leia a explicação de Marlene Vaz:
“Fui uma dos representantes do Brasil, pelo Governo da Bahia, no Congresso da ONU, além de conferencista sobre ‘Tráfico de Meninas e Mulheres para fins Sexuais’. Aí estou com a nova moto da Polícia Rodoviária Federal e assessores do superintendente Nacional da PRF.  Entre outras coisas bonitas que disseram publicamente sobre meu trabalho nestes longos anos, inclusive que lêem tudo que escrevo, eles disseram que esta moto, super máquina, é para pegar exploradores de meninas nas rodovias. Por isso me convidaram para ser fotografada na moto e com eles”.
Mais detalhes da conferência.

4 pensamentos sobre “Cleidiana Ramos e Marlene Vaz

  1. Pingback: A filha de dona Nazinha está feliz: equipe de A TARDE conquista prêmio Abdias do Nascimento | Blog do Brown

  2. Pingback: de caldeirão a pau de colher… « o flamboyant

  3. Pingback: De Caldeirão a Pau de Colher, a guerra dos caceteiros « Blog do Brown

  4. Pingback: deu na rádio !!! «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s